A couple of weeks have passed since my first experience as a miché. As the first experience of almost everything, I didn't like it.

Seems that my life took a path that I couldn't even know what to do, day after day. Although I make a considerable money, I didn't like to do it. It took months working with men until I found THE chance in the job that could change it for the better.

Six months have passed and now I'm not living with Mrs. Tite anymore. She began to have financial problems and I felt I was disturbing the way she was living.

So I told her that I was going to live by my own, and I would not abuse of her kindness anymore. I took my stuff and I went to a hostel. Brothers Hostel. It was a nice place to someone like me to live.

As I said to you, I'll start to post in English my story so you can read it without a translator.

Warning: my English is not so good, but I'll try to make you understand.

Na época em que conheci a Karina, "irmã" que mencionei no post anterior, eu não estava estudando.

Ela me matriculou em uma escola pública no Rio, eu sentia falta do ambiente escolar e tinha pedido isso à ela.
Ela disse que apreciava esse espírito de responsabilidade que eu tinha tão cedo, porém nunca contei minha origem verdadeira pra ela. Ela só viria a descobrir um tempo depois.

Quando você visita o Rio de Janeiro, a paisagem te derruba logo que a Baía de Guanabara se faz à vista. É uma das paisagens mais bonitas que eu já tive a chance de ver fora da internet.

O Rio de Janeiro, como dizem, é bonito por natureza. Ele não precisa da estrutura da cidade para parecer mais bonito. Aliás, penso que se o Rio de Janeiro não fosse uma cidade em si, mas sim uma grande selva, eu me tornaria um Índio só para poder viver ali. Hahahaha, brincadeira, eu prefiro a cidade mesmo. É um mal da minha geração, talvez.

Sempre tive uma vida arraigada com muitas oportunidades, mas a história que eu vou contar não é sobre como eu poderia ter sido um Promotor ou Médico, e sim sobre o que eu me tornei.

Quando crianças, temos o costume de sonhar com um amor único e eterno. Não é o meu caso. Tinha onze anos quando meus pais se separaram. Isso não me afetou muito e até achei que fosse o melhor a ser feito, afinal não gostava quando minha mãe apanhava do meu pai. Queira ou não, meu desempenho foi fortemente afetado por isso e as brigas na escola acabaram aumentando também.

Procure.

Sobre.

Meu nome é Enzo e tenho 22 anos. Sobrevivo como Michê no centro do Rio de Janeiro.

Followers